M

sexta-feira, junho 07, 2013

EU MORRO; MAS DEUS VOS VISITARÁ !




Em muitas passagens da bíblia nós vemos exemplos de fé tanto no antigo como no novo testamento. Mas  se nós observarmos tais homens ou mulheres expressaram sua fé quando estes se encontravam em situações difíceis de suas vidas. Abraão por exemplo que esperou anos a fios para receber um herdeiro. A mulher do fluxo de sangue que sofria de uma hemorragia e isso se deu por muitos anos até o momento em que ela se encontrou com Jesus. O enfermo no tangue de betesda. É muito  comum nós esperarmos em deus e termos fé quando nossa vida não vai bem quando estamos sofrendo, nessas horas nós cristãos costumando confiar em deus e esperamos por um milagre. Todavia, esperamos este milagre o quanto antes, de preferência antes de nós morrermos como no caso de Simeão em Lucas 2;25-30.

Mas a bíblia nos fala de um homem por nome de José, filho de Jacó, e este homem nos dá um exemplo de fé muito especial. Pois ele esperava por uma  promessa que havia sido dada ao seu povo e que ele estava ciente que tal promessa só se cumpriria após a sua morte, mas este detalhe não o impediu de crer na promessa de Deus. Pois a bíblia diz que: “ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não vêem”.  Hebreus 11;1.

O fato se dá no Egito, Jose já havia sofrido muitos anos como escravo,  e agora como o segundo em todo reino do Egito, desfrutando de todas as regalias e mordomias que o seu cargo lhe propunha. Ele então se lembra de tal promessa e dá a seguinte ordem aos seus familiares:  “ Pela fé José, próximo da morte, fez menção da saída dos filhos de Israel, e deu ordem acerca de seus ossos”. Hebreus 11;22 e “ E disse José a seus irmãos: Eu morro; mas Deus certamente vos visitará, e vos fará subir desta terra à terra que jurou a Abraão, a Isaque e a Jacó. E José fez jurar os filhos de Israel, dizendo: Certamente vos visitará Deus, e fareis transportar os meus ossos daqui”. Genesis 50;24 e 25.

Portanto queridos irmãos, não deixamos de crer nas promessas de Deus mesmo que porventura os nossos olhos não as vejam, todavia, elas se cumprirão, pois Deus é fiel.