M

sexta-feira, agosto 15, 2014

OS TRÊS PILARES DO ARREPENDIMENTO



Existem muitas pessoas hoje em dia que se intitulam “cristãs”, todavia, todos nós sabemos que um verdadeiro cristão é aquela pessoa que teve um encontro pessoal com Jesus Cristo, e desse momento em diante sua vida tomou outro rumo, pois
agora esta pessoa segue os passos de Jesus, pois é isto que a bíblia nos orienta a fazer, veja em I João 2;6: “Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou”. Jesus, andou em santidade, e como uma pessoa que se diz cristã pode viver na prática do pecado. 
E pensando sobre isto resolvi escrever sobre os três pilares do arrependimento, ou seja, três fatores que realmente determinam quando uma pessoa está realmente arrependida da sua maneira pecaminosa de viver. Vejamos então quais são eles:


PRIMEIRO PILAR – CONVICÇÃO

Para que uma pessoa realmente se arrependa da sua vida de pecado, ela deve antes de qualquer coisa, está convicta de que os seus atos de outrora eram maus. Foi por isso que Jesus disse que enviaria o Espírito Santo que nos convenceria do pecado, ou seja, que éramos pecadores, “E,quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, e da justiça e do juízo". 
João-16 : 8. 
Geralmente quando uma pessoa está verdadeiramente convicta que algo que ela praticava no passado era errado, automaticamente, ela larga mão disso. Mas, lamentavelmente vemos pessoas dentro da igreja que ainda vivem na pratica da velha maneira de viver, deixando o  velho homem reinar dentro de si. E em muitos casos, vemos algumas pessoas falando dos seus pecados de outrora com um certo tom de “orgulho”. Então eu me pergunto: será que realmente estas pessoas algum dia foram convictas dos seus pecados?


SEGUNDO PILAR: MUDANÇA DE ATITUDE

Seguindo o raciocínio do primeiro pilar. Se uma pessoa realmente está convicta do seu pecado, que as suas obras eram más, qual será então a coisa mais correta a fazer dai por diante? Sem sombra de dúvida, essa pessoa deve mudar de atitude. “Então, de agora em diante, vivam o resto da sua vida aqui na terra de acordo com a vontade de Deus e não se deixem dominar pelas paixões humanas”. I Pedro 4;2.

Vejam queridos, se antes eu vivia fazendo a minha vontade (da carne) agora por diante devo fazer a vontade de Deus.
 Não tem como acreditar em arrependimento que não faz a pessoa viver em novidade de vida; pois quem verdadeiramente está arrependido, muda de atitude.

TERCEIRO PILAR: RESTITUIÇÃO

Quando uma pessoa verdadeiramente se arrepende de seus atos, existe algo que é primordial ela pensar, ou seja, as suas atitudes erradas provavelmente causaram prejuízo (danos) de alguém. E se isto aconteceu urgentemente ela deve procurar restituir a tal pessoa aquilo que ela perdeu. Quero tomar dois exemplos para reforçar esta minha afirmação.


O primeiro exemplo é o do filho pródigo que após gastar parte dos bens de seu pai, ele volta para a casa paterna, porém havia um pensamento em seu coração, vejamos o texto em Lucas 15;19, que diz: “E já não mereço ser chamado seu filho. Por favor, quero ser seu empregado”.

 Quando ele diz: “quero ser seu empregado”, ele estava consciente de prejuízo que havia dado ao seu pai e a seu irmão. Por isso ele quis voltar como empregado, para que assim, ele pudesse  de alguma forma restituir o prejuízo causado.


O segundo é o de Zaqueu, quando encontra com Jesus, veja o texto em Lucas 19;8: “Zaqueu, porém, levantando-se, disse ao Senhor: Eis aqui, Senhor, dou aos pobres metade dos meus bens; e se em alguma coisa tenho defraudado alguém, eu lho restituo quadruplicado”.

Observem que Zaqueu verdadeiramente estava arrependido de seus atos, a primeira atitude dele é de restituir a quem ele havia roubado.
ele poderia tentar passar uma borracha no passado como muitos fazem hoje em dia; mas não, ele queria ser um cristão genuíno, ele queria verdadeiramente está ao lado de Jesus. 


Em resumo, se quisermos  viver como verdadeiros cristãos, não basta apenas estarmos assiduamente numa igreja, usando vestes diferentes ou portanto a bíblia debaixo do braço; devemos sobretudo, termos atitudes de quem se arrependeu da velha maneira de viver.

sendo assim finalizo com o texto de  Lucas-38ª: Primeiramente vão e provem, pela maneira de viver, que vocês realmente se arrependeram.