M

terça-feira, dezembro 03, 2013

COVARDE OU VALENTE ?



Qual de nós nunca passou por um momento em que paramos  em meio a uma situação aonde ficamos inertes sem ação totalmente paralisados e quanto mais pensamos menos coragem temos para nos movermos, quanto mais olhamos para o problema mais as nossas pernas congelam, vem aquele frio na barriga e ai todo nosso ser trava fica totalmente petrificado.
É claro que  estou falando do medo, aquele sentimento avassalador que surge como uma barreira nos impedindo de seguir adiante.
Particularmente eu não diria que este sentimento seja totalmente negativo, pois até certo ponto ele nos mostra que não somos super-heróis, que não somos dotados de super poderes. Ele nos faz lembrar dos nossos limites ,que há momentos que temos que parar para refletirmos a situação ou que até mesmo que teremos que voltar atrás.
Porem, se nós deixamos que este sentimento  reine em nossos corações nos tornaremos fracos e medrosos e nunca obteremos vitórias em nossas  batalhas, e com isso nos tornaremos verdadeiros perdedores.
A palavra de Deus em Romanos 8;37 : “Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. Isto quer dizer que: se confiarmos em Deus nestes momentos seremos vencedores e não perdedores. Como já falei não somo super-heróis, não nem por isso devemos aceitar a derrota; há um Deus que vence por nós. Que em seu nome ultrapassamos as barreiras a nossa frente derrubamos os gingantes. A questão e´: não devemos irmos pra estas batalhas confiando em nós mesmos, mas sim em Deus. Jeremias 17;5. Diz: “Assim diz o Senhor: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do Senhor”!
Segundo este texto, somos miseráveis quando confiamos em nós mesmos e deixamos de confiar no Senhor Deus. Davi, entendia bem isso ao se deparar com um gingante ele pronunciou algo maravilhoso e por pensar assim é que ele saiu vitorioso da batalha. Veja em I Samuel 17;45: “Davi, porém, disse ao filisteu: Tu vens a mim com espada, e com lança, e com escudo; porém eu venho a ti em nome do Senhor dos Exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado”.
O resultado desta batalha todos nós conhecemos Davi triunfou contra seu inimigo.
E o segredo da sua vitória, a diferença entre  Davi e os demais israelitas; ele não foi um covarde; um frouxo; mesmo sabendo que por  sí mesmo jamais venceria o gigante ele então confiou totalmente no poder de seu Deus.
Então prezado irmão (a) quando chegar a hora da tua batalha medita neste versículo que está em Provérbios 24;10: “Se te mostrares frouxo no dia da angústia, a tua força será pequena.




deixe aqui seu comentário