M

terça-feira, maio 05, 2015

VÓS QUEM SOIS ?


E alguns judeus, exorcistas ambulantes, tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre possessos de espíritos malignos, dizendo: Esconjuro-vos por Jesus, a quem Paulo prega. Os que faziam isto eram sete filhos de um judeu chamado Ceva, sumo sacerdote. Mas o espírito maligno lhes respondeu: Conheço a Jesus e sei quem é Paulo; mas vós, quem sois? E o possesso do espírito maligno saltou sobre eles, subjugando a todos, e, de tal modo prevaleceu contra eles, que, desnudos e feridos, fugiram daquela casa. Atos -19;13-16.

Lamentavelmente, hoje em dia existem muitas pessoas que vivem de forma semelhante aos filhos do Sumo-Sacerdote citado acima. São pessoas religiosas, que  nasceram num lar religioso e que até mesmo praticam uma certa religiosidade; mas que  verdadeiramente não vivem de acordo com a palavra de Deus, pois elas não querem se submeter aos seus critérios. Tais pessoas pensam que o simples fato de professarem uma religião estará tudo bem em suas vidas, quando vier um problema basta apenas proferir o nome de Jesus e tudo estará resolvido num simples passe de mágica; como fizeram os sete filhos do sumo-Sacerdote. E não, não basta pronunciar o nome de Jesus, esse nome não é mágico. Esse nome é autoridade para os que verdadeiramente creem para os que têm vida consagrada; 
Se verdadeiramente cremos em Jesus devemos andar da mesma maneira que Ele andou; “aquele que diz que permanece nele, esse deve também andar assim como ele andou”. I-João.2;6. O argumento do espirito maligno foi: “conheço a Jesus e bem sei quem é Paulo”, ou seja, o demônio conhecia a forma que Jesus andava aqui na terra e ele também sabia que Paulo andava de forma semelhante, (andar) no sentido de viver uma vida consagrada. Ao contrário dos setes exorcistas  em questão que nunca haviam aceitado a Jesus, apenas queriam usar o seu nome como se fosse um amuleto. E este tem sido o erro de muitos cristãos de hoje em dia; não querem viver um vida consagrada, mas quando veem o diabo ai clama em alto e bom tom: “ EM NOME DE JESUS”.