M

sexta-feira, abril 15, 2016

AVIVAMENTO



Aviva ó Senhor...


Para falar sobre avivamento a primeira coisa que precisamos entender é, o que é avivar.
Esta palavra significa: dar vida; despertar; animar; estimular; reanimar-se; crescer.
O homem desde que foi criado, ele tem demonstrado uma certa facilidade em se afastar do Deus que o criou. Vemos isso logo no primeiro homem (Adão) que juntamente com sua mulher (Eva) desobedeceram a Deus comendo do fruto da arvore do conhecimento do bem e do mal, o qual Deus os havia proibido que comessem. Com Israel a nação eleita não foi diferente, vemos na bíblia inúmeras vezes este povo, deixando de servir a Deus e indo após outros deuses. Hoje em dia, tudo se repete em nosso meio; muitas pessoas aceitam a Jesus, ficam um curto tempo em sua presença; mas, assim que alcançam sua bênção, assim que Deus concede o desejo de seus corações, elas somem da igreja, ou seja se esquecem de Deus. Quando agimos assim, quando nos afastamos de Deus, nós começamos automaticamente a morrer, foi justamente isso que aconteceu com Adão e Eva quando comeram do fruto proibido, Deus os havia advertido: “Mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis para que não morrais. Gênesis,3;3.
Porém, Deus, na sua infinita misericórdia, sabedor que não só Israel, mas também toda a humanidade estaria sempre suscito a se esquecer dele. Ele usou dentre outros o profeta Isaías, nos fazendo a promessa que nos traria de volta a vida, ou seja, de nos avivar. Vejamos o texto: “Porque derramarei água sobre o sedento e rios, sobre a terra seca; derramarei o meu Espírito sobre a tua posteridade e a minha bênção, sobre os teus descendentes. E brotarão entre a erva, como salgueiros junto aos ribeiros das águas”. Isaías,44;3,4.
Porém, para que haja este avivamento é necessário que uma coisa aconteça primeiro, isto é, nós precisamos clamar, precisamos orar a Deus para que Ele nos envie o avivamento, o avivamento não é algo imposto, forçado; pois é algo que devemos reconhecer que necessitamos. Observem, que na primeira parte da referência citada acima, Deus está fazendo a promessa ao sedento, ou seja, a aquele que está com sede, e quem está com sede com certeza está buscando por água. Agora trazendo para nós; hoje vivemos um deserto espiritual, temos muitas igrejas, muitos ajuntamentos de pessoas que dizem servir a Deus. Mas, lamentavelmente não vemos Deus presente no meio deste povo que se chama cristão. Não há cura, não milagres, não há renúncia de pecado e muito menos amor a não ser de palavra. Nossas igrejas são verdadeiros torrões espirituais, não produzem nada, estão mortas, pois não geram vidas.
Talvez, estas minhas palavras não sejam aceitas por muitos, você pode até dizer: minha igreja, é viva, ela tem centenas ou milhares de pessoas. Eu não duvido disto; mas será que estas pessoas vivem agradando a Deus, será que existe o amor verdadeiro entre os irmãos, será que a comunhão se estende após o culto, no dia a dia, será que as pessoas se doam em tudo que são e que têm, ou isso só é demonstrado na hora do culto através de palavras?
Lamentavelmente, ao observarmos na maioria das igrejas, as pessoas só se abraçam só se beijam, durante o   culto, ao saírem do templo, essas demonstrações de afetos não existem mais. Ninguém estende a mão, ninguém dá um sorriso, nem muito menos suprem as necessidades de seus semelhantes.
Portanto, queridos e amados irmãos, precisamos urgentemente levantar um clamor e pedir a Deus que ele derrame sobre nós água viva, pois estamos sedentos e precisamos mais do que nunca sermos avivados.
Precisamos repetir a oração de Habacuque que diz: “Ouvi, Senhor, a tua palavra e temi; aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos", no meio dos anos a notifica; na ira lembra-te da misericórdia. Habacuque 3;2a.

Este tema está sendo postado respectivamente em outros blogs os quais estão relacionados logo abaixo, vale a pena você visita-los.
Eu os recomendo,pois os seus autores são pessoas comprometidas com o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo.



 
Blog Momentos Preciosos Avivamento